2013

O dinheiro compra sucesso na música sertaneja?

Um assunto que vale a pena ser discutido Estava pensando em uma postagem sem citar nomes, expondo um pouco da minha ideia sem afetar a imagem de alguém, sem apontar dedos. Mas o blog é o único lugar onde posso expor certas opniões próprias, que muitas vezes geram uma raiva entre alguns, e afinidade de idéias com outros. Antes de tocar no delicado ponto que vou abordar, lembro a vocês que alguns grandes nomes (antigos e atuais) da música sertaneja já comentaram sobre o assunto. Continue lendo

RECORDAÇÕES: Leandro e Leonardo no programa do Jô 1997

Leonardo, Leandro e Jô Soares Nas postagens da série “Recordações”, busco sempre relembrar histórias que marcaram a música sertaneja, seja  elas em vídeo, músicas ou etc.  A ideia é levar os admiradores da música sertaneja ao passado e matar a saudade que sentimos de uma época em que a música sertaneja vivia sua glória, com base em boas músicas e arranjos, sem precisar usar gostosas ou carrões para conquistar o público. Na postagem de hoje, resolvi postar este vídeo do ano de 1997. Trata-se de Continue lendo

Catira – Dança ou ritmo musical?

Dançarinos de catira Com a grande audiência que o blog Ritmo Sertanejo vem recebendo neste ano, resolvi dar mais espaço para informações sobre a cultura sertaneja em geral. Meses atrás foi publicado aqui, um artigo sobre o ritmo de Guarânia, que foi muito acessado. E com toda essa repercussão, resolvi tratar de outro tema neste post, a “Catira”. A “Catira”, conhecida em algumas regiões como cateretê, é uma dança brasileira, em que o ritmo musical é marcado pela batida dos pés e mãos dos dançarinos. Continue lendo

BIOGRAFIAS: Tião Carreiro

José Dias Nunes, conhecido como Tião Carreiro , foi um dos maiores cantores e instrumentistas brasileiros. Tião Carreiro. Este é o nome pelo qual ganhou fama José Dias Nunes, que completaria 79 anos em 13 de dezembro de 2013, não fossem as complicações provocadas por uma diabetes que silenciou seus ponteados em 15 de outubro de 1993.  Desde então, milhões de fãs pelo Brasil afora aliviam as saudades ouvindo e tocando as centenas de músicas gravadas por ele em 27 discos 78 rpm e 41 LPs, Continue lendo

BIOGRAFIAS: Almir Sater

Almir Eduardo Melke Sater (Campo Grande, 14 de novembro de 1956) é um violeiro, compositor,cantor e instrumentista brasileiro e atuou em novelas como ator.  Com mais de 30 anos de carreira sólida e 10 discos solo gravados, Almir tornou-se um dos responsáveis pelo resgate da viola de 10 cordas, sendo reinventada, o músico acrescentou um toque mais sofisticado ao instrumento, estilos como blues e rock, embalados pela pegada do folk, uma mistura de música folclórica, erudita e popular, considerada atemporal. O seu último CD, 7 Continue lendo

15 anos sem Leandro

Ontem 23/06 completaram 15 anos do falecimento do cantor Leandro, que fez dupla durante anos com Leonardo e que ainda deixa muitas saudades. Leonardo prestou uma homenagem ao irmão via Instagram, reproduzido por inúmeros fãs e artistas. A mensagem publicada por Leonardo foi a seguinte:   Como homenagem do Ritmo Sertanejo ao cantor, segue abaixo um vídeo do Leandro apresentando a música catedral. Confira abaixo:

RECORDAÇÕES: Tom Cavalcante, Zezé e Luciano, Julio Iglesias

O segundo vídeo da série ”RECORDAÇÕES” foi selecionado pelos que curtem o Ritmo Sertanejo no Facebook, o vídeo se trata de um encontro entre o humorista Tom Cavalcante, Zezé Di Camargo e Luciano com nada mais nada menos que Julio Iglesias no ano de 1998. No vídeo, Zezé Di Camargo pede a Tom, que imite Julio Iglesias, que está presente no show. E o resultado é um momento marcante entre os quatro artistas. Assista abaixo:

BIOGRAFIAS: Sérgio Reis

Sérgio Reis Paulistano nascido no tradicional bairro de Santana, Sérgio Reis fez parte da Jovem Guarda na década de 1960, criando em 1967 a música “Coração de papel”. Gravou seu primeiro disco de música sertaneja com a música “Menino da gaita” em 1972. Seguiu-se o sucesso de “Menino da Porteira”, “Panela Velha”, “Filho Adotivo”, “Pinga ni Mim” e várias outras canções.  Seu disco “O Melhor de Sérgio Reis”, lançado em 1981, vendeu mais de 1 midlhão de cópias. No ano de 2002, Sérgio Reis prestou Continue lendo

Conheça os sertanejos mais ricos do Brasil

Luan, Leonardo, Zezé, Daniel, Chitãozinho e Xororó Que o mercado sertanejo é o que mais movimenta dinheiro no Brasil, disso ninguém tem dúvidas, porém os números sempre são evitados pelos artistas (que sempre querem passar a imagem de simplesinhos). Está circulando pela internet uma pesquisa com os 10 cantores ou duplas mais ricos do brasil, e como era de se esperar, 5 deles são sertanejos conhecidos pelo público, acompanhe abaixo: Coisas que deveriam ser banidas da música sertaneja O dinheiro compra sucesso na música sertaneja? Arrocha Continue lendo